Em meio a tantas violações e acontecimentos que não compreendemos, seja Xangô nosso amparo

Frete Grátis para Todo Brasil

X

Transtornos que identificam a pessoa como sendo portadora de faculdades mediúnicas

Transtornos que identificam a pessoa como sendo portadora de faculdades mediúnicas

Quando a mediunidade começa a desabrochar, se desprende do complexo energético do médium uma irradiação fluídico-nervosa de certo brilho. Essa irradiação atrai espíritos desencarnados em desequilíbrio em diversos graus, como sofredores que se sentem aconchegados, confortados e aliviados de suas dores; desencarnados que não percebem a nova condição e estão tão densos que procuram alimentos ou vícios do plano físico e se grudam nos encarnados, e ainda aqueles que ficam agarrados ao medianeiro neófito por sintonia de pensamentos e sentimentos e ficam a seu lado até o momento em que a pessoa solicita ajuda em uma casa espiritualista. E todas essas sensações de agonia, sofrimento ou ira são captadas pelo indivíduo, deixando-o em total perturbação. Para alcançar o equilíbrio, deverá passar por uma sequência de ­passes, estudo sobre temas espiritualistas e labor espiritual. Com esse procedimento, o indivíduo contribui para a condução dos desencarnados que o acompanham. Esses espíritos em estado de desequilíbrio, ao serem recolhidos pelos amigos espirituais, serão esclarecidos, equilibrados e encaminhados a outros lugares no plano extrafísico dentro do merecimento de cada um. 

Quando o desencarnado em desequilíbrio se aproxima do médium, encontra energias reconfortantes que lhe trarão uma sensação de bem-estar. Em contrapartida, o médium em contato com as energias negativas vindas do desencarnado passa a ter sensações ruins, como cérebro perturbado; peso na cabeça e nos ombros; dores pelo corpo; insônia; nervosismo; irritação por qualquer motivo; arrepios desagradáveis; esgotamento; cansaço; falta de ânimo; profunda tristeza e, um tempo depois, alegria excessiva sem saber por quê; ansiedade; impressão de estar acompanhado, mas está a sós; ouvir vozes como se tivesse alguém dentro da mente passando mensagens, dando ordens ou comentários depreciativos; ataques de pânico; ideias de suicídio etc.
Esses distúrbios poderão se intensificar e originar doenças no corpo somático devido à excessiva carga de fluidos deletérios, caso a pessoa não procure ajuda espiritual e educar sua mediunidade. 

*trecho retirado do livro Casa de Axé, de Daisy Mutti e Lizete Chaves

Comentários